sábado, 26 de setembro de 2015

Regresso às aulas? Estas 10 apps ajudam. E muito

Há muitas aplicações que podem facilitar-lhe a vida de estudante.
Descubra estas dez e comece o novo ano letivo com o pé direito.

O novo ano letivo começou, para a grande maioria, esta segunda-feira.
E esta é a altura ideal para introduzir algumas mudanças na sua
rotina. Se o seu problema é a organização ou se procura novas formas
de aumentar a produtividade, estas dez aplicações móveis podem ajudar.

1. My Study Life. A My Study Life é uma aplicação que pode ajudar a
aumentar o rendimento e a produtividade escolar. Como? Através da
organização. No início terá de se registar e escolher a opção “aluno”,
pois também há uma versão para professores. De seguida, a aplicação
pergunta-lhe a que horas começa o seu dia escolar e qual a duração das
aulas.

Depois de a programar com o um horário, a My Study Life divide-se em
“Hoje”, “Tarefas”, “Aulas” e “Exames”. Cada uma destas secções contém
informações úteis para lhe ajudar a organizar o tempo. Basta
iradicionando as tarefas à medida que os professores vão dando
trabalho.

Esta aplicação está disponível para Android, iOS e Windows. Conta
ainda com uma versão web e uma extensão para o Chrome. A única
desvantagem é estar só disponível em inglês.

2. GoConqr. A GoConqr é um agregador de conteúdos gratuitos e em
português, que podem ser descarregados para consulta offline. Permite
ainda tomar notas e fazer questionários.

Entre os recursos disponíveis nesta app pode encontrar, por exemplo,
resumos para os exames nacionais ou apresentações com matéria das mais
variadas disciplinas, além de permitir que partilhe conteúdos seus com
a comunidade de utilizadores. Pode descarregar esta app em
dispositivos iOS e Android.

3. My Script Calculator. Esta aplicação é um sonho tornado realidade.
Permite que desenhe as contas manualmente no ecrã, como se estivesses
a escrever em papel quadriculado. A calculadora reconhece os
caracteres desenhados, converte em caracteres impressos e faz a conta.

Suporta caracteres especiais — como o pi –, frações, expoentes e
raízes quadradas. Está disponível para Android e iOS.

4. Evernote. Ainda não conhece o Evernote? Devia. Porque é das
melhores apps existentes para tirar notas. É muito versátil. Pode, por
exemplo, organizar os seus apontamentos em blocos, atribuindo um
diferente a cada disciplina. Permite-lhe ainda adicionar fotografias
às notas e partilhá-las com os seus colegas.

A app tem subscrições pagas, mas a modalidade básica é gratuita, com
as principais funcionalidades totalmente desbloqueadas. Pode usar o
Evernote na versão web, através dos programas para PC ou Mac e nas
apps para iOS, Android e Windows. Todas as suas notas ficam associadas
a uma conta e disponíveis em todos os seus dispositivos.

5. Cam Scanner. Mas quem é que ainda precisa de scanner? Com o Cam
Scanner, para digitalizar um documento não precisa de mais do que a
câmara do seu telemóvel ou tablet.

Basta apontar para a folha, tirar-lhe uma boa fotografia, recortar o
excesso e, depois, a app faz o resto: torna a imagem plana e destaca
as letras. O resultado final é muito semelhante ao de um scanner real.
Está disponível para iOS e Android.

6. Google Docs, Sheets, Slides. Em junho, publicámos um artigo com
várias alternativas básicas aos programas do Office. E dele
recuperamos a sugestão no que diz respeito às ferramentas de trabalho
gratuitas oferecidas pela Google.

O Docs (processador de texto), Sheets (folhas de cálculo) e Slides
(apresentações) não precisam de ser instalados no computador, pois
funcionam na web. Além de manterem tudo armazenado na cloud e
disponível em todas as plataformas, permitem que várias pessoas em
simultâneo editem o mesmo documento em tempo real. Quanto a apps, pode
descarregá-las individualmente nas principais lojas: Docs (iOS e
Android), Sheets (iOS e Android) e Slides (iOS e Android).

7. Agenda do Estudante. O nome diz tudo. A Agenda do Estudante serve
para organizar a sua vida de estudante. Permite registar todas as
disciplinas e adicionar horários.

A partir daí poderá tomar notas e fazer um planeamento dos diversos
trabalhos que forem surgindo. Por exemplo, na aba “Eventos”, vá
adicionando a data dos testes ou exames. Só existe para Android, com
duas versões: a básica (gratuita) e a pro (que custa 1,68€, com outras
funcionalidades).

8. Google Drive. Capacidade de armazenamento nunca é demais, e o
Google Drive dá-lhe 15 GB de armazenamento na cloud. Se é utilizador
de Android e tem uma conta Google, é até provável que já tenha esta
app instalada.

E talvez não saiba, mas a Drive pode ser muito funcional quando
conjugada com o Docs, Sheets e Slides. Além disso, também permite
fazer digitalizações. Pode ainda descarregar para iOS.

9. Dicionário Priberam. Com esta app, as palavras difíceis nunca mais
serão um problema. A app do dicionário Priberam permite-lhe pesquisar
numa base de dados com mais de 110.000 entradas. É portuguesa e pode
ser usada na versão web ou para iOS e Android.

10. Diigo. Há links que vale a pena guardar. E há quem guarde centenas
deles. Quando a desorganização toma conta da nossa lista de marcadores
do browser, talvez seja melhor migrar tudo para o Diigo, porque este
aplicativo de produtividade promete dar-lhe uma ajuda nisso.

Além de permitir organizar os links com etiquetas, pode fazer
pesquisas entre eles. Estas são as funcionalidades gratuitas porque,
com a versão paga, pode ainda carregar documentos e sublinhar partes,
além de poder tirar notas que ficarão agregadas ao ficheiro. Pode
ainda criar um grupo com os seus colegas de trabalho e partilhar
apontamentos entre todos.

Tem uma versão web e apps para iOS e Android. Conta ainda com dezenas
de ferramentas complementares que podes consultar.

Uploads Youtube by Estudando Línguas e Temas Diversos

e-Aulas da USP

Concurseiros